Como prevenir o aparecimento de pragas na sua casa

Um dos grandes incômodos em épocas de temperaturas elevadas é o aparecimento de pragas, as chamadas pragas urbanas, mais conhecidas como ratos, baratas, formigas, pernilongos, entre muitos outros que além de serem muito nojentos, podem transmitir muitas doenças a nós seres humanos e ainda podem destruir os nossos patrimônios.

E para eliminá-los é preciso saber de alguns cuidados de extrema importância para não causar danos futuramente ao meio-ambiente e nem para a sua família.

A água e os restos de alimentos são os fatores mais importantes para a sobrevivência desses animais peçonhentos, e especialmente no verão, época em que eles se proliferam devido às temperaturas mais altas. Por isso, os meses de outono e inverno são os ideais para fazer a prevenção e afastá-los do ambiente, pois é nessa época em que eles estão se reproduzindo, ou seja, quando os filhotes são gerados.

A primeira estratégia a ser planejada é você conhecer o que pode servir de alimento e de abrigo para cada espécie. E assim podendo adotar algumas medidas que combatam adequadamente sem fazer com que seja necessário fazer o uso de produtos químicos como, por exemplo, inseticidas que resolvem o problema apenas temporariamente, mas também podem agredir o solo, a água e prejudicar outras espécies que são benéficas ao homem e ao meio-ambiente.

Limpeza e organização são fatores de extrema importância, pois sem este segundo fator pode se esquecer os pesticidas, soluções naturais ou mesmo ideias mirabolantes para espantar os insetos caseiros. Desordem e locais sujos são o ambiente perfeito para a proliferação de ratos, baratas e outras pragas, por isso, acabe com a desordem. Jogue fora ou recicle jornais velhos e caixas, para que não criem entulhos desnecessários, certifique-se de limpar a sujeira de equipamentos de uso externo como barracas de camping ou material de jardinagem. E por último, mas não menos importante, não se esqueça de retirar os sapatos antes de entrar na casa, pois isso tende a trazer toda a sujeira da rua para a sua casa limpa e organizada.

Acabe com o acúmulo de água em locais inapropriados, este é o principio básico da vida, e mesmo que você acabe se esquecendo isso, pos estes pequenos invasores são seres vivos, e todo o ser vivo precisa de água para sobreviver. Então para não dar moleza para essas pragas, confira o encanamento e chequese há vazamentos, tanto em torneira ou chuveiros, como na tubulação interna. Não se esqueça de dar atenção especial para o acúmulo de água parada em locais inapropriados, a tendência de proliferação de mosquitos nesta época do ano é ainda maior e condições que aumentem o risco de doenças como a dengue podem e devem ser evitadas.

Procure armazenar os alimentos em recipientes fechados é o ideal, e uma boa dica, é depois de abrir os alimentos, mesmo os que são não-perecíveis, tente guardá-los em potes ou usar um lacre caso decida mantê-los nos sacos. Mantenha dispensas e armários livres de migalhas e sem a presença de umidade. Evite deixar o alimento do animal de estimação para fora por longos períodos de tempo. Armazene o lixo orgânico em sacolas ou em latões fechados e na hora de fazer a coleta seletiva, lave as embalagens recicláveis, como latas de alumínio, garrafas de vidro ou potinhos de plástico. ]
Destrua os possíveis abrigos, conheça alguns locais preferidos de algumas pragas, locais como pilhas de madeira são perfeitos para os cupins. Comida ou fezes de animais expostas atraem as moscas, e os roedores adoram o lixo e água parada é o mais conhecido criadouro dos mosquitos. Por isso, tape qualquer buraco, rachadura ou fenda nas paredes, repare as janelas e confira se estão devidamente fechadas durante a noite, elimine aquelas plantas doentes, tocos de árvore ou frutos caídos do jardim e coloque areia nos pratinhos das plantas, como já indicado.

Alguns produtos naturais são muito utilizados no combate a essas pragas como o cravo da índia, as folhas de louro e a citronela, mas quando a infestação está muito grande a melhor saída é buscar por uma empresa que seja licenciada e com certificação de qualidade.

Conheça o seu inimigo, procure se informar sobre a praga que já apareceu em sua casa e lembre-se que nenhum método é 100% eficaz, nem mesmo os pesticidas. Estratégias de longo prazo tais como modificação do habitat, produtos naturais ou a prevenção geral, podem demorar um pouco mais para reduzir as pragas, mas geralmente são mais eficazes. A manutenção de um equilíbrio natural em sua casa e quintal também é importante, pois irá reduzir sua exposição ao risco de produtos químicos e favorecer um ambiente agradável, tanto para a família, como animais domésticos.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


*

15 − dois =